Coronavírus

Covid-19. Plano de vacinação "já devia ter sido delineado"

Perito da Agência Europeia de Medicamentos alerta para a importância de um plano de vacinação para quando a vacina contra a covid-19 estiver disponível.

Especial Coronavírus

O Centro Europeu de Controlo de Doenças disse esta terça-feira que os atuais sistemas de vacinação não estão prontos para distribuir e aplicar a vacina contra a covid-19. Os especialistas pedem aos países que começam a reforçar já a logística e os recursos humanos.

São milhares os voluntários que nesta altura participam nos testes das vacinas que estão a der desenvolvidas contra o novo coronavírus.

Helder Mota, professor universitário e perito da Agência Europeia de Medicamentos, esteve no Jornal das 7 da SIC Notícias para falar sobre este tema. Para o perito, o plano de vacinação português contra a covid-19 "já devia ter sido delineado ou pelo menos já devia estar a ser delineado".

"A distância entre quem precisa e o local onde a vacina é administrada devem ser os mais curtos possível"

Helder Mota diz que, quando aparecer uma vacina, é importante que os países tenham que "a vacina deve ser de fácil acesso, quer do ponto de vista da quantidade, quer do ponto de vista dos técnicos em condições para administrarem a vacina, quer do ponto de vista da flexibilidade do acesso".