Coronavírus

Covid-19. Virologista alerta que "solução só vem com uma vacina"

Até lá diz que vamos assistir a um aumento das mortes.

Especial Coronavírus

Celso Cunha, virologista do Instituto de Higiene e Medicina Tropical, prevê que o número de mortes por covid-19 em Portugal aumente nas próximas semanas, uma vez que há mais infetados nos cuidados intensivos.

Para o especialista, não há alternativa senão cumprir as regras com rigor até haver solução. Algo que pode chegar com uma vacina, defende, que apesar de não acabar com o vírus vai fazer com que um número menor de pessoas seja infetado.

Há 11 vacinas na última fase de testes

A empresa norte americana Novavax vai avançar no Reino Unido para os últimos testes clínicos da vacina contra a covid-19 em 10 mil participantes entre os 18 e os 84 anos. A empresa de biotecnologia justifica a escolha do país devido ao elevado nível de transmissão atual e à facilidade de recrutamento.

Esta é a 11.ª vacina no mundo a entrar na última fase de testes clínicos. Os projetos mais avançados são da Pfizer, que abrange 44 mil pessoas, da Moderna, da Jonhson & Jonhson, com 60 mil participantes, e da AstraZeneca com a Universidade de Oxford.

O último balanço da DGS

A Direção-Geral da Saúde anunciou esta segunda-feira a existência de um total de 1.957 mortes e 74.029 casos de covid-19 em Portugal desde o início da pandemia.

O número de mortes subiu de 1.953 para 1.957, mais 4 do que no domingo - três registadas na região Norte e 1 na região de Lisboa e Vale do Tejo.

O número de infetados aumentou de 73.604 para 74.029, mais 425 que no dia de ontem.

Há mais 237 doentes recuperados, totalizando agora 47.884.

Nas últimas 24 horas foram internadas mais 24 pessoas, estando agora hospitalizados 659 doentes. Nos cuidados intensivos estão mais 9, totalizando hoje 98.