Coronavírus

Covid-19. É assim que os cães pisteiros detetam infetados com covid-19

Projeto piloto já decorre no aeroporto de Helsínquia.

Especial Coronavírus

A Finlândia já começou a usar cães pisteiros para detetar a covid-19 no aeroporto de Helsínquia. Um projeto piloto que tem o apoio do Governo finlandês para encontrar uma forma rápida e barata de detetar novas infeções à entrada no país.

A participação neste teste é voluntária e os passageiros que o quiserem fazer têm apenas de recolher uma amostra de suor, depois “analisada” pelos cães. Todo o processo não deverá ultrapassar os 60 segundos.

Depois disso, os voluntários são encorajados e fazer também um teste “standard” para verificar a eficácia do resultado apontado pelos animais. Citado pela Forbes, o diretor do aeroporto, Ulla Lettijeff, diz que este é um programa “único” e “inédito”.

  • 10:51