Coronavírus

Novas restrições em Madrid: 850 mil pessoas deixam de poder circular livremente

Este domingo houve protestos nalgumas das 37 áreas onde as medidas vão entrar em vigor.

Especial Coronavírus

A vaga de maniestações que tomou Madrid levou milhares de pessoas a protestar em algumas das 37 zonas da capital e da região de Madrid onde, a partir desta segunda-feira, entram em vigor novas restrições de mobilidade.

Os residentes destas áreas deixam de poder entrar e sair livremente das zonas onde vivem a não ser com uma justificação considerada válida: trabalhar, estudar, cuidar de dependentes ou ir ao médico.

Veja também: