Coronavírus

Emigrantes recebidos com conselhos na fronteira de Vilar Formoso

Miguel Pereira da Silva / LUSA

Ao contrário de todas as expectativas a entrada de emigrantes por Vilar Formoso neste primeiro fim-de-semana de Agosto está igual ao ano passado sem pandemia. À chegada são aconselhados a serem agentes de saúde pública mas também de proteção civil.

Especial Coronavírus

Os emigrantes que hoje entram em Portugal pela fronteira de Vilar Formoso, no concelho de Almeida, Guarda, estão a ser recebidos com conselhos sobre cuidados a ter para evitar incêndios, acidentes rodoviários e contágio por covid-19.

Em Vilar Formoso decorre hoje a 18.ª edição da campanha de sensibilização rodoviária "Sécur'été 2020 - Verão em Portugal", promovida pela associação de jovens lusodescendentes Cap Magellan, que é destinada aos emigrantes que se deslocam de carro a Portugal durante as férias de verão.

A campanha que tem como principal objetivo a redução do número de acidentes durante os trajetos longos e depois das saídas noturnas, dá este ano uma atenção especial à prevenção da covid-19.

A iniciativa realizada na principal fronteira terrestre de Portugal contou, hoje de manhã, com a participação da secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, da secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, e do secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, entre outros responsáveis.