Coronavírus

Investigadores testam ibuprofeno no tratamento de doentes com Covid-19 

POOL New

Investigação surge após dúvidas sobre o fármaco e como este poderia agravar a infeção do novo coronavírus.

Especial Coronavírus

Uma equipa de cientistas do Reino Unido está a investigar se o ibuprofeno pode ajudar doentes internados com a Covid-19.

Os cientistas acreditam que o fármaco, usado como anti-inflamatório e para o tratamento da dor, pode tratar problemas respiratórios, e esperam conseguir evitar que os doentes precisem de ventiladores.

Os testes são feitos pelos hospitais londrinos Guys e St. Thomas, em conjunto a Kings College.

De acordo com a BBC, metade dos doentes vão tomar ibuprofeno, para além do tratamento normal que os pacientes com Covid-19 recebem. Em vez dos comprimidos que se vendem nas farmácias, os cientistas vão usar uma composição especial do ibuprofeno, já usada em doenças como a artrite.

Os estudos em animais sugerem que o fármaco pode tratar a síndrome respiratória, uma das complicações em casos mais graves de Covid-19.

Em março, foram levantadas dúvidas sobre o ibuprofeno e como este poderia agravar a infeção do novo coronavírus, depois do ministro francês da Saúde, Olivier Véran, ter desaconselhado numa publicação nas redes sociais o uso de medicamentos anti-inflamatórios, como o Brufen, afirmando que poderiam agravar a infeção dos doentes.

Na altura, a Direção-Geral da Saúde garantiu que o fármaco não potenciava a Covid-19 e o Infarmed esclareceu que não haviam provas científicas que validassem este argumento.

Veja também: