Coronavírus

Boris Johnson recebeu oxigénio mas não precisou de ventilador

Correspondente SIC

Atualização do estado de saúde do primeiro-ministro britânico será feita esta terça-feira.

Especial Coronavírus

O primeiro-ministro britânico está internado na Unidade de Cuidados Intensivos de um hospital em Londres depois de ter visto o seu estado de saúde deteriorar-se devido ao novo coronavírus. Boris Johnson precisou de receber oxigénio, mas não foi ligado a qualquer ventilador.

Boris Johnson, de 55 anos, tinha sido admitido no hospital no domingo à noite, por conselho do médico, por apresentar sintomas persistentes da Covid-19, nomeadamente febre alta e tosse.

Foi transferido para os cuidados intensivos depois de manifestar dificuldades em respirar e como prevenção, caso seja necessário ser ligado a um ventilador.

Durante esta terça-feira será feita uma atualização do estado de saúde do primeiro ministro-britânico, como explica o correspondente da SIC em Londres, Emanuel Nunes.

Siga aqui as últimas informações sobre a pandemia de Covid-19

  • Obrigado!

    Desafios da Mente

    As pessoas que sentem mais gratidão apreciam, de forma mais geral, os aspetos positivos em si e no mundo. Este fator confere um papel-chave à gratidão na determinação da saúde mental, uma vez que a depressão traz uma visão negativa sobre o próprio, o mundo e o futuro. Pelo contrário, a gratidão pode formar uma tríade positiva que compreende visões positivas sobre o próprio, o mundo e o futuro (otimismo).