Cimeira do Clima COP26

Arábia Saudita anuncia meta de neutralidade carbónica até 2060

Bandar Aljaloud

Anúncio foi feito pelo príncipe herdeiro Mohammed bin Salman.

A Arábia Saudita, um dos maiores produtores de petróleo do mundo, e dos maiores poluidores, anunciou este sábado uma meta líquida de zero gases com efeito estufa até 2060, para conter as alterações climáticas.

O anúncio foi feito pelo príncipe herdeiro Mohammed bin Salman, numa nota divulgada no primeiro fórum de iniciativa verde saudita, a 'Saudi Green Initiative', uma semana antes da 26.ª Conferência das Partes sobre Mudança Climática da ONU (COP26), que decorre em Glasgow, na Escócia, entre 31 de outubro e 12 de novembro, e que junta chefes de Estado de todo o mundo com o objetivo de travar o aquecimento global.

A economia do reino continua dependente da receita do petróleo, já que a diversificação económica atrasa as ambições do príncipe herdeiro, Mohammed bin Salman, argumentando as autoridades sauditas que o mundo vai continuar a precisar do petróleo saudita nas próximas décadas.

Veja também: