Eleições Autárquicas

PS foi o partido mais votado, mas perdeu câmaras

Em comparação com 2017, os socialistas têm menos cerca de 240 mil votos e baixam quase 4 pontos percentuais.

O PS ganhou 150 câmaras municipais e foi o partido mais votado. Entre as principais cidades, além de Lisboa, os socialistas perderam.

Em comparação com 2017, os socialistas têm menos cerca de 240 mil votos e baixam quase 4 pontos percentuais.

O PS perdeu 34 câmaras e ganhou 22. Nas disputas com o PSD, perdeu 26 autarquias e ganhou 12.

Uma das principais vitórias foi Loures: Ricardo Leão conseguiu mais 2 mil votos do que Bernardino Soares.

Na Grande Lisboa, o PS ganhou ainda a Moita à CDU, duas das seis conquistas socialistas em câmaras comunistas.

O PS reforçou as maiorias em várias câmaras como Almada, ou a absoluta, na Amadora.

O PS teve várias derrotas de peso, como Coimbra, onde a coligação de direita ganhou maioria absoluta

No Funchal, a perda da câmara levou à demissão do líder socialista da região.

O PS perdeu ainda a Câmara do Cartaxo, que era socialista desde 1976.

Satisfeitos estão os socialistas de Espinho, que conquistaram a autarquia ao PSD, tal como os de Vila Real de Santo António, num Algarve quase todo pintado de rosa.

VEJA AQUI OS RESULTADOS DAS AUTÁRQUICAS 2021

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia