Eleições Autárquicas

Autárquicas: partidos novos na AR com resultados abaixo do esperado

PAN e IL não elegem vereadores e Chega falhou objetivo de ser terceira força política.

O PAN e a Iniciativa Liberal dizem que os resultados dão confiança para o futuro, apesar de não terem eleito nenhum vereador, enquanto o Chega falhou o objetivo de ser a terceira força política mais votada, embora André Ventura fale de um dia histórico pela eleição de 19 mandatos.

Chega "esmaga", mas pouco

Na estreia autárquica, o Chega falhou vários patamares definidos pelo líder durante a campanha.

"Queríamos ficar em terceiro lugar, não consegui, assumo essa responsabilidade. É o que eu chamaria uma vitória que não foi total", diz Ventura.

Mas os 19 vereadores eleitos foram suficientes para a entrada triunfal de André Ventura.

"Esmagámos, com uma mão, o Bloco de Esquerda, o PAN e a Iniciativa Liberal em Portugal", grita o número um do Chega.

Em Lisboa, Nuno Graciano não foi eleito, e se, na capital, se admitia uma aproximação ao PSD para derrubar Medina, Ventura diz que essa não é uma tendência para este outono.

"Não faremos acordos, nem coligações. Que ninguém pense que aqueles que nos rejeitaram, humilharam e atacaram, agora vêm, na necessidade do momento, pedir acordos", acrescenta.

No Porto, o candidato António Fonseca afastou-se do partido ainda a noite não tinha acabado.

Santarém, Sintra, Cascais Seixal e Portimão estão entre os concelhos que deram um vereador ao Chega.

Em Moura, também houve um mandato, mas Ventura, que era candidato, falhou a eleição para a liderança da Assembleia Municipal.

(Ter) Iniciativa não chegou para eleger vereadores

A Iniciativa Liberal, outro estreante, não conseguiu eleger vereadores, mas tem deputados municipais que fazem o líder sonhar com melhores dias em breve.

"A Iniciativa Liberal não ganhou estas eleições, mas ganhou o futuro. O futuro é liberal, eu já tinha essa convicção. O que vocês fizeram nesta campanha e os resultados que hoje apresentamos dão-nos essa certeza", diz Cotrim de Figueiredo, líder da IL.

PAN sonha com mais

O PAN também falha a eleição de vereadores, mas a representação nas assembleias municipais e de freguesia também fazem o partido sonhar.

"O PAN apostou por fazer um caminho de consolidação, um caminho de proximidade, e de crescimento que o partido tem vindo a traçar. E, por esta mesma razão, devemos hoje estar mais que orgulhosos por aquilo que é e tem sido o nosso trabalho", refere Inês Sousa Real.

Para o Chega, PAN e IL, a noite foi de sorrisos mais ou menos contidos e não foram alcançados os objetivos maiores, mas as votações que tiveram dão balanço para dizerem que têm de contar com eles no futuro.

Veja também:

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia