Economia

Administração Pública preenche mais 260 vagas

De acordo com o Ministério da Modernização do Estado e da Administração Pública foram preenchidas mais cerca de 260 vagas, da 475 iniciais. Contratos de trabalho serão celebrados posteriormente

A Administração Pública preencheu mais cerca de 260 vagas, das 475 iniciais, no âmbito do recrutamento centralizado de técnicos superiores para o Estado, segundo comunicado divulgado esta segunda-feira pelo Ministério da Modernização do Estado e da Administração Pública.

Segundo o gabinete da ministra Alexandra Leitão, os candidatos puderam manifestar preferência por certos serviços, desde que tivessem vagas abertas, e, posteriormente, serão celebrados os seus contratos de trabalho.

"As mais de 260 vagas pertencem a 60 entidades que integraram este procedimento de oferta de colocação. Entre elas, estão o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, a Fundação para a Ciência e a Tecnologia, o Instituto Nacional de Estatística, a Agência Portuguesa do Ambiente e a Autoridade Tributária e Aduaneira, entre outras", indica ainda o ministério.

Com a conclusão deste processo, foram já colocadas cerca de 700 pessoas em aproximadamente 60 serviços.