Economia

TAP vai aderir ao regime de lay-off a partir de segunda-feira

MARIO CRUZ / LUSA

Regime pode prolongar-se durante um ano.

A TAP vai aderir ao regime de lay-off já a partir de segunda-feira, que passará por uma redução dos períodos normais de trabalho ou suspensão de contratos. O regime pode-se prolongar durante um ano.

Já depois da aprovação dos acordos de emergência pelos pilotos e também pelos tripulantes, num comunicado enviado esta sexta-feira aos trabalhadores, o conselho de administração assegura que o lay-off não prevê a redução dos salários, além do que já está previsto nos acordos de emergência, que foram aprovados esta sexta-feira.

Todos os colaboradores vão ser informados individualmente sobre a modalidade que lhes será aplicada.