Economia

Empresa encerra no concelho de Belmonte

Filipe Barbosa

Filipe Barbosa

Repórter de Imagem

Fábrica de confeções funcionava há 26 anos na freguesia de Maçaínhas.

No concelho de Belmonte, na freguesia de Maçaínhas, uma empresa de confeções lançou para o desemprego 50 trabalhadores devido à significativa quebra de encomendas registada nos últimos meses em consequência da pandemia.

A fábrica que exportava grande parte da produção para França, ainda chegou a recorrer ao lay-off, mas não conseguiu manter os postos de trabalho.

O encerramento da empresa não surpreendeu os funcionários que apesar de não terem salários em atraso foram-se apercebendo das dificuldades.

O Sindicato Têxtil vai continuar a acompanhar a situação para garantir que os direitos dos trabalhadores são todos salvaguardados e que o património da empresa é protegido no sentido de poder ser usado para garantir os pagamentos que falta fazer aos trabalhadores, nomeadamente o ordenado deste mês e o valor relativos aos subsídios de férias.