Desporto

Manchester United sofre derrota pesada em Old Trafford frente ao Liverpool

PETER POWELL

Manchester United sofreu a maior derrota da época.

O Liverpool impôs este domingo a maior derrota da época ao Manchester United, ao vencer em Old Trafford com uma 'mão cheia' de golos (5-0), em jogo da nona jornada da Liga inglesa de futebol em que Salah brilhou.

No lado dos 'reds' também Diogo Jota esteve em bom plano, com o internacional português a marcar o 2-0, aos 13 minutos, já depois de Keita, a passe de Salah, ter feito o 1-0, logo aos cinco minutos.

Em Old Trafford, foi muito Liverpool para tão pouco Manchester United, com os 'red devils' a voltarem a mostrar que tem um conjunto de jogadores, entre os quais Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes, titulares, mas estão longe de uma candidatura ao título.

No jogo deste domingo, a equipa de Manchester nunca foi capaz de ameaçar o Liverpool, que ao intervalo já vencia por 4-0, numa marcha de marcador que aos golos de Keita e Diogo Jota, ainda juntou um 'hat-trick' de Salah.

PETER POWELL

O egípcio, um dos futebolistas mais entusiasmantes da atualidade, deu um verdadeiro 'show', com golos aos 38, 45+5 e 50 minutos, num jogo em que o alemão Jurgen Klopp optou hoje por juntar Diogo Jota e Firmino a Salah, ao invés de optar por Sadio Mane.

No jogo, Diogo Dalot foi opção no Manchester United já na segunda parte, aos 62 minutos, já depois do francês Paul Pogba ver o vermelho direto, após uma entrada de sola sobre um adversário, embora o marcador não se alterasse mais.

O árbitro Anthony Taylor recorreu ao videoárbitro para mudar a cor do cartão ao médio internacional francês, depois de na primeira parte ter ficado apenas pelo cartão amarelo a Cristiano Ronaldo, que pontapeou Curtis Jones no chão.

PETER POWELL

A goleada do Manchester United faz aumentar a contestação ao treinador Ole Gunnar Solskjaer, depois de vários resultados questionáveis da equipa, que não vence há quatro jornadas e é sétima classificada na Liga, a oito pontos do líder Chelsea.

Por seu lado, o Liverpool reocupa a segunda posição, a um ponto dos 'blues', e também com mais um de diferença para o campeão Manchester City, que é terceiro.

Veja também: