Desporto

Rúben Amorim renova com o Sporting

Treinador assina contrato com os "leões" até 2024.

O Sporting oficializou esta quinta-feira a renovação de contrato com o treinador Rúben Amorim até 2024.

Um dia antes de cumprir um ano no cargo, o treinador renovou o vínculo com o clube leonino, que lidera destacadamente a I Liga, sem derrotas, após 21 jornadas, com nove pontos de vantagem sobre o Sporting de Braga, 10 face ao campeão FC Porto e 13 em relação ao Benfica.

"O Sporting Clube de Portugal chegou a acordo com Rúben Amorim, treinador da equipa principal de futebol, para a renovação do contrato que liga as duas partes. O líder da equipa técnica 'verde e branca' assinou um novo vínculo válido até 2024", lê-se no comunicado do clube.

A notícia foi inicialmente revelada no programa Tempo Extra e o Jogo Aberto apurou os detalhes da renovação de contrato do treinador.

O acordo foi alcançado esta semana entre os representantes de Amorim e Frederico Varandas. A cláusula de rescisão do treinador vai subir de 20 para 30 milhões de euros.

Atualmente, Rúben Amorim recebe 2,7 milhões de euros brutos, mas tem no contrato uma cláusula que refere que, em caso de conquista do título de campeão nacional, passará automaticamente a receber 4 milhões de euros brutos por temporada e terá direito a um prémio adicional de 2 milhões de euros brutos.

No entanto, com esta renovação de contrato, o Jogo Aberto conseguiu apurar que Rúben Amorim vai passar a ganhar 6 milhões de euros brutos, o equivalente a aproximadamente 3 milhões de euros limpos por temporada.

JOSÉ COELHO

O treinador de 36 anos foi contratado ao Sporting Clube de Braga por 10 milhões de euros - valor da cláusula de rescisão - mais o valor do IVA, cerca de 2,3 milhões de euros. No entanto, devido aos atrasos no pagamento das duas tranches previstas (uma até ao final de março de 2020, outra até setembro de 2020), o montante total vai subir para 12,1 milhões de euros, correspondente a 1,5 milhões de multa por indemnização mais 600 mil euros de juros.

No último relatório de contas da SAD do Sporting, referente ao primeiro semestre que fechou a 31 de dezembro de 2020, estão contabilizados 7 milhões de euros ainda por liquidar, o que significa que, na altura do segundo acordo com o clube minhoto, em setembro de 2020, foram pagos 2,5 milhões de euros, a que se juntaram até ao final do ano mais 2,6 milhões de euros. O montante em falta terá de ser liquidado na totalidade até junho de 2021.

Rúben Amorim orgulhoso com renovação e aponta a "algo muito maior" no Sporting

O treinador manifestou um "enorme orgulho" pela renovação de contrato até 2024 e salientou que o caminho do clube "passa por títulos, mas também por algo muito maior".

"Temos muito para ganhar e muito para fazer. O nosso caminho passa por títulos, mas também por algo muito maior. Estou muito feliz, sinto-me em casa e é um enorme orgulho estar ligado a um clube como o Sporting" afirmou o técnico, em declarações aos meios de comunicação do emblema leonino.

Amorim considerou-se "uma pequena peça" que pretende contribuir para o crescimento de "todas as áreas" do clube e ajudá-lo a ser tornar-se "ainda maior".

"É um desafio que é a minha cara: apostar na formação, num desafio difícil e num clube muito grande. Há um ano, disse que estávamos aqui para planear o futuro, mas que tínhamos de ganhar o próximo jogo. Ainda mais este ano. Temos de ganhar ao Santa Clara e isso é o principal", referiu o 'timoneiro' da equipa que lidera, de forma invicta, a I Liga.

Um ano depois de ter sido contratado para render Silas no comando técnico do Sporting, Rúben Amorim disse ter "a mesma ambição" e reforçou ter tomado "a opção certa" no ano passado, quando deixou o Sporting de Braga para assumir os 'verdes e brancos'.

"Quando falhámos um objetivo na época passada, disse no fim do jogo que fiz a opção certa. Disse-o quando ganhámos o primeiro título e essa é a verdade. Muito mudou, mas há tudo para fazer. Agora, estou mais tranquilo, mas sinto-me mais pressionado. Também estou mais confiante e experiente", transmitiu.

UMA JOVEM CARREIRA DE SUCESSO

Rúben Amorim, de 36 anos, sucedeu em 5 de março de 2020 a Silas, atual treinador do Famalicão, tendo, na altura, sido contratado pelos "leões" ao Sporting de Braga, por 10 milhões de euros, por três temporadas, até ao fim da época 2022/23.

Um dia antes de cumprir um ano no cargo, o treinador renovou o vínculo com o clube 'leonino', que lidera destacadamente a I Liga, sem derrotas, após 21 jornadas, com nove pontos de vantagem sobre o Sporting de Braga, 10 face ao campeão FC Porto e 13 em relação ao Benfica.

No comando técnico do Sporting, Rúben Amorim já ergueu a Taça da Liga, a segunda como treinador, depois da conquista em 2019/20 pelos bracarenses.

CARLOS COSTA

O Sporting é o terceiro clube que Rúben Amorim treina, depois de uma curta passagem em 2018/19 pelo Casa Pia (Campeonato de Portugal), do qual saiu, castigado pelo Conselho de Disciplina [decisão mais tarde revogada pelo Tribunal Arbitral do Desporto] , por ter, alegadamente, dado indicações enquanto treinador estagiário.

Depois, assumiu o Sporting de Braga B, durante cerca de dois meses, até suceder a Ricardo Sá Pinto na equipa principal dos minhotos.

MANUEL FERNANDO ARAÚJO

Como jogador, o antigo médio de Belenenses, Benfica, Sporting de Braga e Al-Wakrah sagrou-se três vezes campeão nacional (2009/10, 2013/14 e 2014/15), conquistou uma Taça de Portugal (2013/14), uma Supertaça Cândido de Oliveira (2014) e seis edições da Taças da Liga (2008/09, 2009/10, 2010/11, 2012/13, 2013/14 e 2014/15).

Jose Manuel Ribeiro