Desporto

“É caso para dizer: chora Argentina, chora Nápoles, chora o mundo inteiro”

A reação de António Ribeiro Cristóvão à morte de Diego Maradona.

Morreu esta quarta-feira, aos 60 anos, a antiga estrela do futebol mundial Diego Armando Maradona. Para Ribeiro Cristóvão, é a partida do maior astro do futebol mundial, que marcou para todo o sempre o desporto rei.

O comentador da SIC relembra as características inigualáveis de um jogador que “ninguém acreditava que pudesse vencer”, mas que acabou por levar o Nápoles às grandes vitórias, tendo o clube sido bicampeão italiano nessa altura e tendo ganho também uma Taça UEFA.

Apesar da época de grandes conquistas, Ribeiro Cristóvão defende que foi ao serviço da seleção argentina que “El Pibe” viria a ganhar a sua maior notoriedade. Afirma que ao falar das grandes estrelas do futebol, como por exemplo Pelé ou Eusébio, “coloco sempre à frente Maradona”.

“Foi um jogador que marcou uma época e marcou todo o sempre do futebol”, disse.