Desporto

Sérgio Conceição põe o lugar à disposição

HUGO DELGADO

Treinador diz que "não há união dentro" do FC Porto

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, disse, esta noite, que o seu lugar de treinador está à disposição de Pinto da Costa.

O técnico deixou no ar alguns problemas internos que podem estar a condicionar o clube. "O meu lugar está à disposição do presidente. Não há união dentro do clube", disse na flash interview, depois de sair derrotado da final da Taça da Liga.

"Nós temos de olhar para dentro. É preciso responsabilidade coletiva. Não estou a falar do grupo de trabalho, toda a gente. É difícil. É difícil trabalhar em determinadas condições. Primeiro ano muito difícil. Sem reforços e sem dinheiro. Segundo ano falta de verdade desportiva, que houve, o ano passado. Este ano, sem união dentro do clube", explicou Sérgio Conceição.

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto, por 1-0, no jogo da final da Taça da Liga de futebol, disputado em Braga, com um golo de Ricardo Horta aos 90+5 minutos.

Sobre a final perdida, o treinador destacou a "infelicidade" de sofrer um golo na última jogada, depois de uma partida que "poderia cair para qualquer lado, com grande intensidade", dando os parabéns ao Sporting de Braga.

Antigo jogador do clube, Conceição conquistou, até agora, uma Liga portuguesa e uma Supertaça pelos portistas, conseguindo 38 vitórias em 52 jogos no primeiro ano, 42 triunfos em 57 encontros na temporada transata e, já nesta época, 25 vitórias em 34 partidas.



No início da época, Jorge Nuno Pinto da Costa não poupou nos elogios a Sérgio Conceição e disse mesmo que não queria outro treinador enquanto fosse presidente do FC Porto.