Desporto

Agente de Bas Dost acusa Sporting de falsas declarações

Bas Dost "sempre jogou pelo Sporting de alma e coração" e deseja agora "deixar o clube com dignidade"

O empresário Gunter Neuhaus, que representa o avançado Bas Dost, afirmou hoje que a SAD do Sporting mentiu quando veio publicamente revelar a existência de exigências de última hora do futebolista na transferência para o Eintracht de Frankfurt.


"As alegações de que existiram exigências de última hora da parte do jogador e/ou do seu agente são simplesmente falsas. A administracão da SAD foi informada desde o primeiro minuto das condições exigidas pelo jogador para aceitar uma transferência para outro clube", pode ler-se no comunicado emitido hoje pelo empresário de Bas Dost, em resposta ao comunicado do clube revelado horas antes.


Nesse comunicado, tornado público na manhã de hoje, o Sporting fez saber que a transferência do futebolista Bas Dost para os alemães do Eintracht de Frankfurt está a ser dificultada por "exigências financeiras de última hora" do avançado holandês.


"A Sporting SAD, que (...) também já alcançou um princípio de acordo com o Eintracht Frankfurt, foi (...) surpreendida com exigências financeiras de última hora da parte do jogador que estão a impedir a concretização da transferência", lê-se no citado comunicado, que deixou Gunthar Neuhaus e Bas Dost "surpreendidos pelas informações trazidas a público sobre um processo negocial que se queria discreto e reservado".


Para o empresário do avançado holandês, o Sporting está "a denegrir o profissionalismo e honestidade com que o seu melhor marcador dos últimos três anos sempre representou o clube".

"O jogador está magoado"


Segundo Gunther Neuhaus, foi o "próprio Sporting que informou o jogador em julho que este tinha de ser transferido devido à incompatibilidade entre a situação financeira do clube e o seu salário, deixando claro que este não teria lugar na equipa no futuro".


"O jogador está magoado com o tratamento de que está a ser alvo publicamente. Deu tudo pelo Sporting e, após o terrível ataque a Alcochete, do qual foi a principal vítima, aceitou voltar ao Sporting. Tomou essa decisão após ser contactado pela administração então em funções. O jogador recusou ofertas muito mais lucrativas de outros clubes de topo para continuar de 'leão' ao peito", pode ainda ler-se no comunicado do empresário. A finalizar, lembra que Bas Dost "sempre jogou pelo Sporting de alma e coração" e que deseja agora "deixar o clube com dignidade, em bons termos, como o fez por merecer durante todo o tempo em que serviu este grande clube".


De sublinhar a contradição entre a afirmação do empresário de Bas Dost, segundo a qual foi o Sporting a comunicar ao jogador que este tinha de ser transferido devido à incompatibilidade entre a situação financeira do clube e o seu salário, e a versão da SAD, de acordo com a qual foi o agente do jogador, em reunião com o presidente do clube e o diretor desportivo, a transmitir que Bas Dost queria sair por considerar ter terminado o seu ciclo no clube.

Transferência representa um encaixe de cerca de 10 milhões para o Sporting

"Saída de Bas Dost é um processo atabalhoado e não é um bom negócio"

A transferência de Bas Dost para o Eintracht de Frankfurt esteve em análise no programa "O Dia Seguinte" da SIC Notícias. Rodrigo Roquette diz que este negócio está a ser gerido de forma precipitada.