Cultura

Acidente mortal nas filmagens de "Rust": algumas armas usadas como adereços são reais

Ator Alec Baldwin diz que se sente destruído com o acidente que vitimou a diretora de fotografia do filme que estava a rodar.

Tudo indica ter sido um acidente o disparo que o ator Alec Baldwin realizou, em cena, enquanto rodava um filme e que atingiu sem gravidade o realizador do filme, mas feriu mortalmente a diretora de fotografia, com apenas 42 anos. A polícia já começou uma investigação. O ator diz que se sente destruído.

A rodagem do filme Rust decorria num rancho no estado norte-americano do Novo Mexico, quando o inesperado aconteceu.

As duas pessoas feridas foram o realizador do filme, Joel Souza, e a diretora de fotografia, Halyna Hutchins, 42 anos. Ele foi levado de ambulância para o hospital, mas teve alta. Já a responsável pela imagem do filme, acabaria por ser transportada de helicóptero para o hospital, onde acabaria por ser declarada a morte.

Halyna era originária da Ucrânia. Cresceu numa base militar soviética no Círculo Polar Ártico e licenciou-se em jornalismo em Kiev. Fez investigações jornalísticas e foi documentarista, antes de se dedicar ao cinema nos Estados Unidos. Trabalhava em ficção há poucos anos, mas tinha recebido um Prémio Revelação em 2019.

O autor do disparo terá sido o ator Alec Baldwin. Não há ainda informação concreta sobre como aconteceu o incidente com a arma que seria um adereço. Alguém próximo do ator referiu que o disparo aconteceu sem querer.

Em Hollywood é comum serem utilizadas armas de adereço que disparam cartuchos vazios para tornar a cena realista. Muitas vezes o diretor de fotografia posiciona-se perto do disparo para o captar de forma mais próxima.

Escrito e realizado por Joel Souza, "Rust" conta a história de um marginal, Harland Rust, interpretado por Alec Baldwin, que vem em auxílio do neto, de 13 anos, condenado a ser enforcado por homicídio.

Alec Baldwin apresenta-se à polícia

O ator, que é também produtor do filme, mostrou-se devastado. Alec Baldwin diz-se em choque e triste e que está a cooperar de forma absoluta com a investigação policial.

A produção foi suspensa e Alec Baldwin já se apresentou às autoridades para prestar depoimentos.

Baldwin, de 63 anos, tornou-se particularmente popular nos EUA nos últimos anos pelas imitações de Donald Trump no programa "Saturday Night Live".