Cultura

Exposição leva-o pelos cenários de "O Peculiar Crime do Estranho Senhor Jacinto"

Iryna Shev

Iryna Shev

Jornalista

A curta-metragem de Bruno Caetano é uma das animações nacionais mais vistas e galardoadas dos últimos tempos.

O "Festival de Animação de Lisboa" começa esta quarta-feira. A 20.ª edição do “Monstra” foca-se, sobretudo, na cinematografia belga, mas também dá destaque a filmes nacionais, como é o caso da curta-metragem “O Peculiar Crime do Estranho Senhor Jacinto”. O filme tem uma exposição inédita no Museu da Marioneta.

O Senhor Jacinto vive numa Lisboa futurista e um tanto ou quanto distópica. Uma realidade que é feita inteiramente com a técnica stop-motion. O filme de Bruno Caetano é uma das animações nacionais mais vistas e galardoadas dos últimos tempos.

As miniaturas das ruas e as fachadas da capital e vários adereços de “O Peculiar Crime do Estranho Senhor Jacinto” vão estar, até setembro, no Museu da Marioneta. A exposição faz parte da programação do festival de animação de Lisboa.

A 20.ª edição do “Monstra” traz a Lisboa filmes oriundos de 98 países, focando-se principalmente na cinematografia belga. O evento realiza-se em várias salas de cinema espalhadas pela capital, onde a máscara e o distaciamento social continuam a ser obrigatórios.

Veja mais: